Método Canguru

15 Abr. 2020 / Maternidade / Saúde / Dicas

Fonte: Lolly

Já foi demonstrado em diversos estudos que o contato físico entre mãe e bebê, através do Método Canguru, é de extrema importância para estimular o desenvolvimento dos pequenos, em especial, dos prematuros.

 

Ele é muito mais do que a posição vertical em que o bebê prematuro permanece “amarrado” ao corpo da mãe. É um tipo de humanização e assistência neonatal que implica no contato precoce pele a pele entre mãe (papai, irmão, vovó e vovô também podem!) e o bebê, pelo tempo que quiserem.

 

Na posição Canguru, o bebê tem menos refluxo e as vias aéreas são mantidas livres, o que evita o sufocamento da criança O contato com o corpo da mãe promove a manutenção dos níveis adequados de temperatura corpórea do bebê. O desenvolvimento neurológico da criança é melhor, ainda mais pelo fortalecimento dos laços afetivos entre mãe e bebê.

 

Esse tipo de humanização oferece ao bebê uma vivência da passagem da vida uterina para a extra-uterina, aumentando muito o vínculo entre pais e bebê. E esse vínculo deixa o bebê mais seguro, proporcionando mais confiança aos pais no manuseio do seu filho.

 

Um outro importante benefício do método é que as mamães também se beneficiam e, logo no primeiro semestre de vida do filho, aquelas que praticam o método se mostram mais sensíveis em relação à criança, com maior vínculo materno.

Recomendados Para Você:

 

© Copyright 2019 - Lolly Baby - Todos os Direitos Reservados