Doenças de verão

15 Abr. 2020 / Maternidade / Saúde / Estilo de Vida / Dicas

Fonte: Lolly

Verão é certeza de diversão para os pequenos! Mas para que eles possam aproveitar tudo direitinho, vale ficar atento a algumas doenças que são muito frequentes na estação mais quente do ano:
 
Insolação: É o resultado do excesso de exposição ao sol atrelado à baixa ingestão de líquidos. Os seus sintomas mais comuns são mal estar, dor de cabeça, náusea e tontura. Para evitá-la, o ideal é só levar para praia e piscina crianças com mais de seis meses, apenas nos horários em que o sol não está tão forte (antes das 10h e após as 16h), usar protetor solar adequado para crianças e oferecer líquido todo o tempo. E vale lembrar que, mesmo que a criança esteja no sol nos horários adequados, ela não pode ficar todo o tempo exposta a ele!
 
Brotoeja: Nada mais é que aquelas erupções cutâneas causadas pelo excesso de suor. Ela costuma aparecer nas áreas em que a criança sua mais, como pescoço, peito, costas e “dobrinhas”, em forma de pequenas bolinhas vermelhas. O tratamento é bem simples, são medidas para se refrescar e evitar a transpiração excessiva: compressas de água fria, talco, ficar em ambiente fresco e ventilado e o uso de roupas leves ajudam muito.
 
Otite: É uma doença causada principalmente em crianças por passar muito tempo em contato com a água. Ela causa um zumbido no ouvido e também dor intensa. O tratamento deve ser feito com antibiótico, principalmente para os pequenos, pois a doença pode se transformar em outros quadros e outras doenças.
 
Picadas de insetos: No verão os insetos costumam se proliferar e, quando picam crianças, podem levar a pequenas alergias. Para evitar o problema, o ideal é usar telas nas janelas e usar repelente indicado para crianças. Caso a picada inflame, aí devem ser aplicados medicamentos de uso tópico.
 
Desidratação: A criança fica desidratada porque perdeu muito líquido e não está conseguindo repô-lo em quantidade suficiente, isso é comum quando tem excesso de atividade num dia quente ou a exposição ao calor em ambientes fechados podem fazer seu filho transpirar demais e perder muito líquido. Bebês e crianças pequenas ficam desidratados rápido, então, ofereça muito líquido ao bebê, pode ser água, suco, leite materno ou fórmula de leite em pó, se for o que ele costuma tomar. Mas, não se esqueça, leve o seu filho ao médico ou ao pronto-socorro no mesmo dia.
 
 
Lembre-se de procurar o seu médico de confiança sempre!

Recomendados Para Você:

 

© Copyright 2019 - Lolly Baby - Todos os Direitos Reservados